Logo Somos Tera
Nossos Cursos
somostera

Uma comunidade de pessoas apaixonadas por educação e tecnologia.

6 tendências do Marketing Digital para 2021 | Digital Trends

  • Por: Redação Tera
  • Data: 27, nov 2020
13 min de leitura

Felipe Witt, da Vee Benefícios, Beatriz Guarezi, da Liv Up, e Taís Barboza, da Cia da Consulta apontam as tendências do Marketing Digital para 2021.

Photo by NappyStock.

Profissionais de Marketing Digital têm se tornado grandes protagonistas na consolidação de posicionamentos de marca e crescimento das vendas nos negócios. O número de pessoas interessadas nesse carreira tem crescido, tornando o mercado extremamente competitivo. Por isso, saber as tendências do Marketing Digital para 2021 se torna imperativo para quem quer garantir a melhor performance.

Nada melhor que saber o que experts de mercado estão pensando para entender quais temas e ferramentas serão estratégicos no próximo ano. Neste texto, você vai conhecer as perspectivas de Felipe Witt, CMO & Partner na Vee Benefícios, Beatriz Guarezi, Brand Manager na Liv Up e Content Creator na Bits to Brands e Taís Barboza, Gerente de Performance na Cia da Consulta.

Confira a seguir as 6 tendências do Marketing Digital para 2021.

1. Personalização

Você provavelmente acha que personalização já faz parte da sua rotina como estrategista de Marketing, afinal, nos últimos anos passamos a usar diversas ferramentas que permitem envio de conteúdo segmentado para o público. No entanto, Felipe Witt nos desafia a fazer uma ressignificação da personalização.

“Antes você tinha que criar suas regras de relacionamento individualmente e agora você tem segmentação de usuários, automação de marketing, que fazem isso para quantas pessoas você quiser. Toda nossa comunicação virou uma comunicação em massa. Então a personalização, que é algo específico e contextual, virou algo que é "Oi, [primeiro nome]. Eu vi que você é [cargo] na [nome da empresa]" e a gente encara isso como personalização.”

A saturação desse tipo de conversa passa a gerar um “efeito cegueira”, causando os mesmos resultados negativos que muitas empresas percebem em anúncios feitos no Facebook, por exemplo. Para Felipe Witt, voltar à real personalização é uma das tendências de Marketing Digital para 2021. Ele traz um exemplo prático que tem sido aplicado na Vee Benefícios.

Na Vee Benefícios a gente trabalha com templates são automatizados e envio em massa, mas todos eles precisam passar por uma personalização. O representante de vendas busca notícias, matérias, encontra pessoas que estão na mídia e, quando a gente faz um disparo, sempre tem, no mínimo, um parágrafo em que eu contextualizo porque eu estou falando com essa empresa. A gente chega ao ponto de mudar a home do nosso site para falar com algumas empresas prospectadas, personalizando a imagem muda e o copy.”

Segundo Felipe, repensar a personalização é maximizar os esforços para a eficácia, em vez de para eficiência. Assim, podemos nos comunicar de forma mais contextual e valiosa.

2. Voice Search

Mais uma tendência de Marketing Digital para 2021 é o impacto da pesquisa por voz na nossa forma de produzir conteúdo que tenha bons resultados de ranqueamento em mecanismos de busca. Antes de falar da parte prática, confira alguns dados trazidos por Felipe Witt:

  • Em 2019, quase 150 milhões de assistentes virtuais foram vendidos e, para 2020, a expectativa é que o número ultrapasse 160 milhões;

  • Quase 50% da população mundial (3.25 bilhões de pessoas) já usa busca por voz e/ou assistentes virtuais. A estimativa é que em 2021 esse número suba para 5 bilhões de pessoas;

  • 55% dos adolescentes estadunidenses fazem uso da busca por voz todos os dias; 

  • 20% das buscas em Voice Search são feitas com 25 palavras.

Como você pode ver, os dados mudam completamente nossa forma de pensar e fazer conteúdo pensando em ranqueamento e posicionamento. Felipe dá um exemplo prático.

“Se eu pesquiso digitando "melhor receita bolo chocolate", quem pesquisa por voz coloca ‘qual é a melhor receita de bolo de chocolate com cobertura de limão para se fazer no final de semana’.”

Banner e-book tendências carreiras digitais

3. TikTok-zação do Conteúdo

Uma das bases do Marketing Digital é conteúdo, mas, durante a pandemia, parecemos viver uma overdose deles. Beatriz Guarezi explica que a sensação é de que esgotamos todos os formatos, usando e abusando das estratégias até chegarmos em uma espécie de estafa - e isso acompanha tanto o público quanto os criadores.

Apostar em novas abordagens de conteúdo é o que vai garantir um “refresco” da audiência. Beatriz traz o formato do TikTok como uma das tendências do Marketing Digital para 2021. 

“Por que todo mundo tem que entender de TikTok mesmo sem a pretensão de estar lá? Tem uma coisa que eu estou chamando de "Tiktok-zação do conteúdo" que é o jeito de fazer do TikTok, a dinâmica dele, que está começando a se espalhar em todos os lugares. Essa dinâmica do vídeo curtinho, rápido, com cortes secos e uma história que você conta em 30 segundos é algo que, ao mesmo tempo que é extremamente espontânea, é muito pensada. Tudo isso está infestando todas as outras redes e está engajando as pessoas cada vez mais. Então é um jeito de pensar conteúdo que todo mundo, independente do negócio e do canal, tem que ter atenção.”

Beatriz Guarezi traz mais algumas razões que podem incentivar profissionais de Marketing Digital a investirem no TikTok - ou no formato que ele propõe:

  • O caráter imersivo da plataforma, que exige o volume ligado e, por isso, prende mais a atenção das pessoas usuárias;

  • A redução da “cultura da celebridade” vista em outras redes sociais, dando mais espaço para que o conteúdo pessoas comuns viralize;

  • A ausência de cronologia, reduzindo a pressão de produzir conteúdos com periodicidade fixa e aumentando as chances de que o mesmo material circule por mais tempo.

4. Slow Content

Também na contramão do que já conhecemos e fazemos em relação a conteúdo, o Slow Content aparece como mais uma tendência de Marketing Digital, trazendo um “retorno às origens” e entregando informações de forma mais consciente. Beatriz, que propõe essa tendência, explica um pouco do conceito por trás do movimento.

“O Slow Content é um movimento que prega que você tem que fazer conteúdo com atenção, dedicação e foco no valor que ele vai entregar. E não um conteúdo focado no que vai performar melhor ou apenas para cumprir a tabela de postar todo dia. É um convite, de fato, a pensar se você está entregando qualidade e relevância ou só está entregando quantidade porque é o que o algoritmo quer de você.”

Mesmo que pareça uma escolha que abre mão da busca por alcance e audiência em massa, a ideia é que os conteúdos de qualidade gerem conexões mais genuínas com o público.

Novamente, é a eficácia versus a eficiência. Por mais que ele alcance menos pessoas, quem está interessado em mim vai estar ali. É fazer o que você realmente tem interesse de fazer porque esse interesse vai chegar na outra pessoa, vai transparecer.”

5. Jornada do Consumidores

Taís Barbosa, da Cia da Consulta, traz como tendência do Marketing Digital para 2021 a necessidade de repensar a Jornada de Consumidores, criando maior entendimento sobre se consumidores estão prontos ou não para avançar no funil.

“O comportamento do consumidor está ficando cada dia mais complexo. Então hoje, quando a gente fala em jornada, a gente fala de uma visualização do que ele está procurando, o que ele quer, e se ele está pronto. A pesquisa, assim como os canais de aquisição, dizem muito sobre esse comportamento. No Google Ads a gente pode explorar as diversas fases e ser extremamente certeiro. Quando a gente faz um conteúdo ou propaganda para o Linkedin, por exemplo, a gente tem que entender quem é o público que está ali e se ele está pronto ou não para aderir ao serviço.”

Rever a forma de abordagem e perceber como cada pessoa consumidora quer ser abordada em cada canal se torna essencial para não gerar um “cansaço com a marca”. Assim, Taís explica que o tipo de interação é tão importante quanto a divulgação de conteúdo. 

“Quando a gente explora vários canais de aquisição como TikTok, Instagram, Google, às vezes colocamos consumidores dentro do funil esquecemos de entender porque a pessoa está ali, o que ela procura e qual tipo de comportamento que ela tem em cada rede social. E a gente acaba replicando às vezes o mesmo conteúdo em todas as redes para estar presente nelas. Mas às vezes a pessoa pode querer entrar no Instagram apenas para descansar, e não ver as mesmas coisas de trabalho que veria no LinkedIn.”

6. Modelos de atribuição baseados em dados

Por fim, Taís Barbosa também pontua a importância de usar modelos de atribuição que sejam baseados em dados. Modelos de atribuição como o do Google permitem que a marca atinja pessoas no momento exato e entenda de forma clara a jornada delas. 

Antigamente, o mais popular seria o modelo baseado em último clique: a pessoa que chega, clica no anúncio e converte. Mas às vezes a pessoa pesquisa 20 vezes, clica 30 vezes, volta, vai para o Facebook, pesquisa outro termo, volta para o anúncio e converte. Ou seja, não converte no primeiro. O modelo de atribuição baseado em dados vai distribuir o peso para cada anúncio. E no final você vai conseguir entender que a pessoa passou por cinco anúncios e certos anúncios foram mais impactantes porque tinham um CTA chamativo, um agregador de valor, um desconto, por exemplo.”

Ter essa visão, segundo Taís, nos permite entender a complexidade da jornada de consumidores, descobrindo que o consumo não é feito por um canal direto. Essa tendência de Marketing Digital se torna ainda mais relevante porque evidencia a importância do investimento em branding.

“Não existe mais performance sem branding. Não adianta dizer que, para aumentar as vendas é preciso investir no final do funil. A gente tem que iniciar a jornada desse consumidor porque é extremamente importante ele entender quem é sua marca, o que você oferece como valor para o mundo, o que você vai agregar de bom na vida dele.” 

….

Gostou de descobrir algumas tendências do Marketing Digital para 2021 na visão de experts? Como você viu, para avançar nesse mercado e ter bons resultados é essencial estar um passo à frente, acompanhando todas as mudanças e transformando os desafios em oportunidades de crescimento.

Se você quer se aprofundar nas conversas, assista ao bate-papo completo que os experts fizeram no evento Digital Trends. A gravação está disponível no nosso canal do YouTube. 

Posts Relacionados

13 min de leitura

13 ferramentas de Marketing Digital para você começar a aprender

Confira as ferramentas de Marketing Digital que vão otimizar o seu trabalho e melhorar os resultados!

Artigo Completo
8 min de leitura

Como criar um mapa de empatia para entender sua persona?

Aplique na prática um canvas de mapa de empatia que vai ajudar você a pensar produtos e estratégias realmente alinhados ...

Artigo Completo
8 min de leitura

13 perfis profissionais de Marketing Digital: descubra qual caminho seguir

O Marketing Digital se desdobra em diversas áreas de atuação. Entenda quais são as possibilidades para se desenvolver e ...

Artigo Completo