Carreira como freelancer de Marketing Digital: dicas e possibilidades

As empresas estão precisando cada vez mais de freelancers de Marketing Digital. Entenda a oportunidade de atuar em projetos sob demanda.

Foto de Sam Lion no Pexels

Trabalhar como freelancer de Marketing Digital é um caminho promissor para quem quer construir uma carreira na área. Afinal, ser freelancer é uma tendência que está atraindo muitas pessoas devido à flexibilidade e também se tornando uma opção muito valorizada pelas empresas. 

Uma atuação sob demanda, que há pouco tempo era vista de forma negativa por muita gente, hoje se torna uma possibilidade de vivenciar diferentes experiências em projetos específicos. No entanto, é importante colocar na balança também os desafios e a necessidade de preparação. 

Neste artigo, você vai descobrir como seguir uma carreira freelancer no Marketing Digital e como funciona na prática esse formato de trabalho. Tudo isso com dicas dos experts Débora Torri. que é Sócia e Diretora da BICHO, e Phelipe Xavier, que é Chief Marketing Officer (CMO) sob demanda na Bomtrato.

Phelipe Xavier, que também é expert de Digital Marketing na Tera, explica que: 

"A contratação sob demanda é uma crescente no mercado. Tem muitas empresas buscando profissionais sob demanda porque, muitas vezes, elas têm projetos específicos com data para serem executados e para terminar. Em alguns casos, elas já estão saturadas com agências, porque o que elas precisam é de alguém que faça a inteligência de 'dentro de casa'. E profissionais freelancers precisam estar imersos no que a empresa está precisando".

Quer saber mais? Continue a leitura e confira.

O que faz um freelancer de Marketing Digital?

O freelancer de Marketing Digital tem muitas possibilidades de atuação, desde cargos mais generalistas, como assistente, até funções mais especializadas e estratégicas, principalmente se já tiver bastante experiência e tempo de mercado.

Esse é, inclusive, o caso de Phelipe Xavier, que atua como CMO sob demanda na Bomtrato. Viu só como são muitos os caminhos para quem busca um trabalho freelancer com Marketing?

Conheça as principais possibilidades:

  • Assistente de Marketing freelancer: responsável por criar e acompanhar o desenvolvimento das campanhas;

  • Chief Marketing Officer (CMO) sob demanda: diretores de Marketing também podem ser freelancers e usarem seus conhecimentos e experiências para definir e gerenciar as estratégias;

  • Designer freelancer: atua principalmente na elaboração de peças, identidades visuais e demais artes gráficas online ou offline;

  • Redator freelancer: produz conteúdos para blogs, sites, redes sociais, e-mails e outros canais de comunicação;

  • Freelancer de tradução: presta serviços de tradução de conteúdos para empresas e pessoas.

Ainda segundo Phelipe, o trabalho freelancer exige que os profissionais consigam gerenciar muitos aspectos da carreira, como financeiro, comunicação e posicionamento. 

"Você precisa mergulhar em uma seara de conteúdos e de habilidades para que você consiga fazer a sua jornada freelancer acontecer. Por isso, saiba usar o que você já tem da melhor forma possível. Saiba escolher as propostas certas e focar em ser muito bom em pelo menos uma coisa dentro do Marketing."

Quanto ganha um freelancer de Marketing Digital?

O valor depende da área de atuação, experiência, do quanto cada profissional cobra pelos seus serviços, do tempo dedicado, custo de vida na região em que mora, entre vários outros fatores.

Precificar é, inclusive, um dos maiores desafios enfrentados por profissionais que decidem seguir uma carreira freelancer. No início, pode realmente ser mais difícil saber como cobrar pelo seu trabalho, mas, com a experiência e a prática, as contas começam a ser mais fáceis.

Se precisar de uma ajuda nisso, o expert Phelipe Xavier também tem uma dica interessante sobre precificação e salário para freelancers:

"Uma entrada de receita segura está relacionada a saber cobrar bem pelo trabalho. O que acontece com profissionais freelancers é que às vezes pegam muitos clientes com ticket muito baixo. Algo que pode ajudar bastante a criar essa rotina saudável é focar na qualidade. Às vezes o que você precisa escalar não é o número de clientes, mas seu ticket médio, o quanto você cobra. Para isso, você pode fazer um benchmark, chamando algum colega do setor e perguntando a média de valor que ele cobra. Tendo menos clientes com ticket maior, você tem mais qualidade de vida e consegue ter uma rotina mais eficaz no seu trabalho, além de melhor qualidade."

O que é preciso para trabalhar como freelancer de Marketing?

Agora que você sabe como trabalhar com Marketing Digital como freelancer, que tal se preparar para iniciar a sua carreira autônoma?

1. Tenha um portfólio

O primeiro passo é ter um portfólio mostrando os seus principais trabalhos. 

Você pode incluir projetos realizados em empregos anteriores, trabalhos voluntários ou até mesmo projetos pessoais, principalmente se ainda for iniciante no Marketing Digital.

2. Faça um curso de Marketing Digital

Quando for oferecer os seus serviços para potenciais clientes, é fundamental transmitir segurança.

Para manter seus conhecimentos atualizados, faça cursos de Marketing Digital gratuitos ou pagos e estude também outros temas relevantes para o seu trabalho. 

Assim, você não só continua aprendendo, como também mostra para seus clientes que se preocupa em estudar e estar sempre por dentro das principais tendências e novidades.

Curso gratuito Digital Marketing Essentials Inscreva-se

3. Apresente suas certificações

Se você já tem alguma certificação em Marketing ou em áreas específicas, como produção de conteúdo, design ou social media, não deixe de apresentá-las.

Você pode incluir as suas certificações no portfólio, perfil no LinkedIn ou até mesmo nas propostas enviadas para clientes.

4. Desenvolva as habilidades de prospecção e negociação

Freelancers precisam de várias habilidades além das inerentes à área de atuação.

Portanto, não importa com o que você trabalha, vai precisar saber prospectar e negociar com clientes para conseguir fechar parcerias e se manter no mercado.

Uma excelente maneira para encontrar clientes é a conexão com outros profissionais, o famoso networking. 

Débora Torri, Sócia e Diretora da Bicho, vai além da ideia de network e propõe algo ainda melhor:

"No Marketing Digital se fala muito de networking, que são os contatos com intenção profissional. Mas eu acredito muito no caminho conhecido como netweaving, que é uma forma de se aproximar de outras pessoas, sem uma intenção imediata, mas apenas para nutrir uma relação. Criar essas pontes foi muito valioso pra mim na hora de prospectar clientes."

5. Saiba criar propostas consistentes

Não adianta seu trabalho ser impecável e seus valores serem justos, se você não conseguir mostrar o seu valor para os clientes.

Por isso, criar propostas atrativas e consistentes é fundamental para deixar claro o que você entrega e por que vale a pena contratar os seus serviços. 

Uma boa maneira de fazer isso é criar um processo completo e segui-lo com todos os seus potenciais clientes, sempre adaptando às particularidades de cada um.

O roteiro abaixo, dica do Phelipe Xavier, é uma das possibilidades:

  • Enviar um formulário de pré-diagnóstico com perguntas essenciais para entender quem é o cliente e o que ele procura;

  • Fazer uma reunião de diagnóstico para entender melhor as demandas e expectativas;

  • Fazer outra reunião para apresentar a proposta, explicando o que será feito, desafios previstos e valores.

6. Crie uma rotina que funcione para você

Por fim, não se deixe apenas levar pelo que os outros profissionais estão fazendo. Saber como as pessoas experientes no trabalho freelancer atuam com certeza ajuda bastante a se preparar. 

Nessas trocas, você vai aprender quais estratégias estão funcionando bem, onde estão as melhores oportunidades e quais são as ferramentas de Marketing Digital que podem contribuir para o seu trabalho.

No entanto, principalmente quando falamos de rotina, é essencial criar algo que funcione na sua realidade. De acordo com Débora Torri, é o profissional que precisa entender quais são as suas necessidades, o seu contexto e seus métodos.

“Cada freelancer vai entendendo quais são seus métodos. Quando eu comecei a freelar, eu pensava que só tinha um jeito de fazer. Depois eu entendi que talvez certos jeitos não funcionavam pra mim e, conversando com outras pessoas, eu consegui ampliar meu repertório de possibilidades e de ferramentas de organização.”

Por isso, aproveite a flexibilidade e autonomia do trabalho freelancer, que muitas vezes também é feito remotamente, para organizar seus horários e atividades da melhor maneira possível.

Continue aprendendo sobre Marketing Digital

Seja como freelancer de Marketing Digital, seja como profissional CLT, conhecimento nunca é demais! 

Principalmente no Marketing, onde as transformações acontecem a todo momento, é importante acompanhar as novidades e continuar se aperfeiçoando para sempre entregar o seu melhor e se destacar nesse mercado tão concorrido.

Quer continuar se desenvolvendo com a ajuda de especialistas da área? Baixe o nosso e-book com 56 dicas de Marketing Digital e aprenda ainda mais!

ebook dicas de marketing 2