Logo Somos Tera
Nossos Cursos
somostera

Uma comunidade de pessoas apaixonadas por educação e tecnologia.

Como trabalhar com Marketing Digital: o guia completo para começar

  • Por: Redação Tera
  • Data: 14, dez 2020
35 min de leitura

De conceitos básicos às ferramentas, das especializações ao portfólio. Veja tudo que você precisa saber para trabalhar com Marketing Digital.

Foto de fauxels no Pexels

Nos últimos anos, Marketing Digital passou a significar muitas coisas — algumas até negativas. No meio de tantos conceitos, ofertas de cursos e vagas com uma lista enorme de exigências, quem realmente quer entender como trabalhar com Marketing Digital pode não saber por onde começar. 

Por isso, criamos este guia para ajudar você a evoluir sua visão sobre essa área e dar os primeiros passos para uma carreira sólida. Separamos, dados relevantes e dicas de experts de mercado que vão abrir sua mente para as diversas possibilidades em Marketing.

Você vai entender quais são os conhecimentos de maior relevância para fazer Marketing Digital no mundo atual e também vai entender quais são as características desse mercado e quais habilidades precisa desenvolver para se inserir.

Confira no menu abaixo todos os temas que você vai aprender ao ler este guia:

1. O que é Marketing Digital

Por que todos os olhos estão voltados para Marketing Digital?

Quem precisa de Marketing Digital?

2. Como está o mercado de Marketing Digital no Brasil

Profissionais de Marketing Digital e salários

3. Quais conhecimentos você precisa desenvolver

Visão estratégica

Mentalidade digital

Conhecimento de canais

Gestão de ferramentas 

Domínio de branding e storytelling

Entendimento da experiência do cliente

4. Como começar sua carreira em Marketing Digital

Vá além de um bom currículo

Saiba o caminho para se desenvolver

Entenda como garantir uma boa base 

Desenvolva suas soft skills

Se torne especialista em uma área

Pegue seu café e um snack, se acomode na cadeira e vamos começar o aprendizado!

O que é Marketing Digital? 

Uma ótima forma de começar a compreender como trabalhar com Marketing Digital é perceber as principais diferenças para o Marketing tradicional. 

Philip Kotler, que é considerado o ‘pai do Marketing’, definiu essa disciplina como

“a ciência e arte de explorar, criar e proporcionar valor para satisfazer necessidades de um público-alvo com rendibilidade.”

Esse conceito pode continuar valendo, no entanto, o contexto em que ele é aplicado muda completamente nos dias atuais, já que vivemos a ascensão de uma economia digital

Em vez de pensar em estratégias para pontos de venda físicos ou mídias tradicionais como revistas e televisão, profissionais de Marketing Digital vão desenvolver suas iniciativas para atrair, converter e manter relacionamentos com seu público em ambientes digitais.

A economia digital é chamada assim por unir pessoas, negócios, ferramentas, dados e processos por meio de um ambiente e tecnologias digitais. Esse modelo tem impactado a sociedade de forma que nossa relação com produtos e serviços mudou, nossas interações humanas foram afetadas e a forma como empresas atuam no mercado também se transformou.

Thiago Cid, que é co-fundador da consultoria Seu Start e expert do curso de Digital Marketing da Tera, traçou alguns paralelos entre o Marketing tradicional e o digital, considerando todas as transformações sociais e tecnológicas que impactam essa área.

Marketing antes da internet

Marketing depois da internet

Movido por anúncios pagos

É possível ir longe de forma orgânica, com baixo investimento

Poucos canais de divulgação

Múltiplos canais de aquisição e relacionamento

Poucos dados

Muitos dados para dar suporte à tomada de decisões

Alta barreira de acesso ao público

Qualquer empresa pode acessar seu público


Vale reforçar que algumas características merecem destaque por serem essenciais ao Marketing Digital. Ele gira em torno da experiência e do uso de dados, e por isso é necessário uma mudança de mentalidade de quem trabalha nessa área. 

“Com a chegada do Digital, o debate mais recorrente é como utilizar os dados de maneira assertiva. As empresas bem sucedidas e com alto crescimento não supõem coisas, elas estudam os dados o tempo todo e a partir daí tomam suas decisões. Vivem um momento que não importa tanto no que você se formou, tenho visto cada vez mais engenheiros liderando as áreas de marketing. Você precisa entender todo o ecossistema e saber os melhores caminhos que alavancam o negócios, sempre com base em dados.”   - Thiago Cid

Consumidores estão mais exigentes em relação ao que buscam das marcas e isso exige que elas adotem uma cultura da experiência como diferencial competitivo. Nessa história, os dados entram como uma arma poderosa para entender a fundo seu público e o que ele realmente considera valioso na relação com a marca.

Por que todos os olhos estão voltados para Marketing Digital?

Ainda tem dúvidas de que você precisa dominar o Marketing Digital para trabalhar nessa área? Alguns dados mostram porque tanto se fala sobre estratégias voltadas para o digital e porque tantas empresas estão correndo para contratarem especialistas nessa área.

  • Até 2024 teremos 72% das pessoas conectadas à internet no Brasil. Dessas, mais de 90% vai navegar pelo celular, segundo o eMarketer.

  • 40% dos investimentos em publicidade são feitos no ambiente digital, segundo o eMarketer, e isso já ultrapassa os investimentos em televisão - que sempre dominaram o mercado.

  • Um relatório do WeAreSocial mostrou que o número de usuários de mídias sociais no Brasil aumentou em 10 milhões (+7,1%) apenas entre 2020 e 2021. 

  • Uma pesquisa sobre skill gap da IAB UK identificou que 49% de líderes em Marketing acreditam que há uma escassez de habilidades digitais nessa indústria. 

A era do digital traz mais do que oportunidades. Ela traz uma nova regra de como empresas devem performar para conquistar o público e se manterem competitivas no mercado.  

Quem precisa de Marketing Digital?

É por conta dessa nova era que podemos afirmar que não adianta tentar fugir do Marketing Digital. Ele se tornou um conhecimento central a ser dominado por profissionais e negócios das mais diferentes áreas. 

No relatório Future of Jobs, o World Economic Forum apontou que Digital Marketing é uma skill, ou seja, uma habilidade relevante para profissionais do futuro. Segundo a pesquisa, pessoas que atuam nas áreas de Conteúdo, Dados e Inteligência Artificial, Desenvolvimento de Produto e Vendas vão precisar desenvolver habilidades relacionadas a Marketing Digital para terem melhores resultados em suas funções.

Quem também precisa de Marketing Digital? 

  • Líderes de negócio que entendem a necessidade de ter visão ampla sobre como a marca se relaciona com consumidores;

  • Pessoas que empreendem ou são freelancers;

  • Pessoas em transição de carreira que encontram na área de Marketing Digital um espaço de atuação interessante;

  • Profissionais do Marketing analógico que querem desenvolver uma mentalidade digital para atuar no novo mercado.

Como está o mercado de Marketing Digital no Brasil? 

A carreira de Especialista em Marketing Digital e Estratégia aparece em quarto lugar na lista mundial de profissões em alta demanda para os próximos anos, segundo o World Economic Forum. No contexto brasileiro, essa função ocupa o sétimo lugar, ao lado de profissões na área de dados e de inteligência artificial. 

Leia também: 20 carreiras promissoras para 2021, segundo o World Economic Forum 

À medida que acompanhamos um despertar dos negócios em relação à transformação digital e cultura da experiência, podemos esperar que cada vez mais vagas surjam para quem quer trabalhar com Marketing Digital.

O relatório Empregos em Alta do LinkedIn também identificou algumas áreas de atuação relacionadas a Marketing Digital.

  • Profissionais autônomos de conteúdo digital: importante competências relacionadas a podcasts, YouTube, marketing digital e edição de vídeos;

  • Especialistas em marketing digital: domínio de marketing de influência, growth hacking, experiência de usuário (UX), mídias sociais, Search Engine Optimization (SEO)

  • Serviços criativos: necessário habilidades de  ilustração, arte, ZBrush, jornalismo, design gráfico, modelagem 3D, redação, Adobe Illustrator

No entanto, o número de oportunidades disponíveis no mercado acompanha a quantidade de pessoas se profissionalizando. Por isso, é fundamental encontrar um espaço de atuação em que você se destaque e se torne autoridade. Ser relevante e saber como trabalhar com Marketing Digital de alta performance é o que vai garantir que você acompanhe a evolução dessa carreira.

Profissionais de Marketing Digital e salários

Ainda não sabe qual rumo tomar e quais são os diversos caminhos possíveis no mundo do Marketing? Fizemos uma lista com 13 profissionais de Marketing Digital que têm procura em times de agências e empresas. 

Você vai entender brevemente o que cada perfil faz e quanto ganha. Os dados sobre salários são informados pelo portal Glassdoor e são uma média no Brasil, podendo variar de acordo com a empresa e o nível de senioridade.

Estrategista de Marketing Digital

Quem coordena um time de Marketing Digital vai ser responsável por desenvolver toda a estratégia de comunicação da marca em múltiplos canais, buscando aumentar, nutrir e converter os leads da empresa. Média salarial de R$ 6.687 por mês.

Analista de Marketing Digital 

Tem conhecimento generalista, ou seja, com noções e certo domínio sobre as principais ferramentas e canais de Marketing. Com isso, a pessoa Analista de Marketing Digital atua de forma flexível, de acordo com as necessidades da empresa. É importante entender todo o ciclo de vida do consumidor e saber como trabalhar as estratégias certa em cada etapa. Salário de R$ 4.558 em nível pleno .

Profissional de Marketing de Conteúdo

Tem foco em entregar valor ao público e gerar autoridade para a marca por meio de materiais enriquecedores como artigos, e-books, vídeos e infográficos. É necessário saber como contar histórias engajadoras que transmitam o tom e os valores do negócio. Ganha cerca de  R$ 4.203.

Analista de SEO/SEM

Responsável por otimizar o site e os conteúdos da marca para os motores de busca. É importante dominar tanto a parte técnica quanto a de revisão dos textos publicados. Salário médio de R$ 2.762 por mês.

Profissional de Mídia Paga

Pessoas que trabalham com Marketing de Performance se dedicam a criar e monitorar campanhas de mídia paga em canais como Google AdWords, Instagram Ads e Facebook Ads. Média salarial de R$ 3.748 por mês.

Profissional Social Media

Gerencia as redes sociais do negócio, planejando todo o calendário de conteúdos com objetivo de manter um relacionamento próximo entre a marca e seus seguidores. Além disso, também pode usar Marketing de Influência como estratégia para a marca nas redes. Salário de R$ 2.331 por mês.

Profissional de Automação de E-mail Marketing

Usa o e-mail marketing como ferramenta estratégica para nutrição dos leads, criando textos engajadores, aplicando técnicas de copywriting e desenvolvendo fluxos automatizados de envio. Média de salário de R$ 5.623 por mês.

Designer

Detém a responsabilidade de aplicar a identidade da marca em todas as peças visuais do ambiente digital. Além disso, se preocupa com a experiência do usuário para essas criações. Ganha cerca de R$ 4.000 por mês.

Especialista em Analytics

Pessoa com habilidade avançada em análise de dados, alocada no time de Marketing Digital para definir indicadores, analisar as métricas e apresentar relatórios e insights para melhorar a performance das estratégias. Média salarial de R$ 7.750 por mês em nível pleno.

Analista de marca  

Brand managers são responsáveis pela gestão da marca, garantindo que ela seja preservada e comunicada de forma assertiva em todos os pontos de contato com o público. Pode ganhar cerca de R$ 13 mil por mês.

Product Marketing Manager

Quando o setor de Marketing Digital é responsável por diferentes produtos, cada um deles vai exigir uma estratégia específica, e o papel de PMM surge para gerenciar as variações de comunicação de cada um. O salário pode chegar a R$ 14 mil por mês.

Especialista em Growth

Tem foco em crescimento e conduz diferentes testes e experiências com objetivo de entender quais estratégias trazem maior resultado para o negócio. Média salarial é de R$ 10 mil por mês.

C-level em Marketing Digital

À medida que o Marketing Digital ganha maior relevância no negócio, é comum que empresas tragam uma pessoa especialista para compor a mesa diretora. Entre os cargos C-level mais comuns relacionados a Marketing Digital estão os de CMO (Chief Marketing Officer), CCO (Chief Content Officer) e CGO (Chief Growth Officer).

Quais conhecimentos você precisa adquirir? 

Em um campo tão vasto e com tantos caminhos possíveis, quem quer saber como trabalhar com Marketing Digital fica com aquela sensação de que ainda há muito para aprender. Bom, isso pode mesmo ser verdade, mas não é motivo para desânimo. Essa característica pode e deve te impulsionar a buscar desenvolvimento. 

Para que você tenha um ponto de partida sólido, separamos alguns conhecimentos e habilidades que você precisa adquirir.

Ter visão estratégica de negócios

Entender a estratégia do negócio é o que mais pesa na balança das empresas contratantes. O que as organizações querem é uma pessoa que consiga levar a visão do negócio para as iniciativas de Marketing Digital.

Para fazer isso, é importante que você entenda métricas de Marketing Digital — KPIs (Key Performance Indicators) e OKRs (Objective and Key Results), que são direcionadores da estratégia. Além disso, aprenda a usar os dados a seu favor e desenvolva sua mentalidade data driven. Isso significa ir além de ler relatórios e passar a ter os melhores insights a partir deles. 

“Se você olhar para o mercado e pesquisar vagas vai ver que dados está presente em todas as áreas de negócio. Você vai sentar à mesa e, de um jeito ou de outro, vai ter que falar de dados e vai ter que tomar decisões baseadas em dados. E é preciso também ter pensamento crítico em cima do dado.” — Adalberto Silvestre,  Gerente de Campanha de Marketing LATAM na NVIDIA 

Desenvolver esse olhar sobre o negócio, aprendendo a experimentar rápido e focar em crescimento é essencial para se destacar nesse mercado. Comece entendendo a empresa como um todo, dialogando com o time de Produto, de UX Design e de Tecnologia. Ampliar essa visão vai permitir que você entenda tanto os desafios quanto as oportunidades que estão à frente.

Desenvolver sua mentalidade digital 

Depois de entender as diferenças entre o Marketing tradicional e o digital, você já deve saber que atualizar sua mentalidade é essencial para trabalhar com Marketing Digital. No entanto, falar de mindset é algo bem subjetivo, não é mesmo?

Uma forma de desenvolver melhor essa ideia é o modelo sugerido pelo expert Thiago Cid. Segundo ele, precisamos pensar e agir como uma startup para ter segurança ao trabalhar com Marketing Digital. Isso porque uma das principais características das startups é a flexibilidade para mudanças. Elas não “param no tempo” ou resistem às transformações, mas sim abraçam as possibilidades de desenvolvimento constante e usam a fluidez do mundo atual a seu próprio favor.

“Mais do que pensar apenas em performance, conteúdo, CRM e qualquer outra alavanca do marketing digital, os profissionais bem sucedidos serão os que terão olhar de negócios, construindo caminhos promissores a partir da necessidade dos clientes e premissas da empresa. De nada adianta ter uma estratégia brilhante, mas a conta não fechar.” - Thiago Cid

Mais algumas características de startups que você precisa cultivar:

  • têm visão centrada no consumidor;

  • sonham grande, mas começam pequeno;

  • encontram formas de otimizar o trabalho para escalar;

  • veem as mudanças como oportunidades;

  • têm abertura para novas ideias;

  • têm velocidade de execução;

  • experimentam e aprendem o tempo todo.

Saber quais canais você pode usar 

Mais um fator que pode deixar quem quer trabalhar com Marketing Digital do zero com uma sensação de confusão: os canais possíveis para atuar com seu produto. 

A questão é que, se você tiver um produto incrível, mas não divulgá-lo nos canais certos, pode acabar não atingindo seu público ou gastando muito mais recursos do que o necessário para ter sucesso.

Você vai descobrir que existe uma extensa lista de canais de Marketing Digital, de redes sociais a aplicativos de mensagem e de blogs para tráfego orgânico a mídia paga.

Uma forma de melhorar sua compreensão sobre essa área e escolher os canais para colocar na sua estratégia é usar algum framework, ou seja, um padrão que te ajude a entender possibilidades e tangibilizar suas ações. As metodologias de  Product Channel Fit e de Bullseye são bons pontos de partida.

Acima de tudo, não esqueça de mesclar canais para otimizar seu plano de Marketing.

"Marketing de conteúdo e performance andam juntos. O Marketing de Performance sem Branding tende a dar algum resultado imediato, mas se Mídia Paga dá visibilidade para uma coisa que não está estruturada como marca, eu vou gerar um pico de acessos e isso vai se perder em seguida. Eu preciso do Branding andando ao lado e criando um posicionamento consistente nos canais, para que as pessoas que eu impactei com mídia de performance fiquem, gostem e continuem." Beatriz Mendes - Head de Marketing LATAM na Sinch 

Operar e gerenciar ferramentas 

Uma pessoa que trabalha com Marketing Digital será desafiada a analisar um volume de dados cada vez maior, de forma clara, congruente e que dê insights para decisões de negócio. Para isso você pode contar com muitas ferramentas de automação de Marketing e visualização de dados.

Entender como fazer o setup dessas plataformas, entender os dados que elas geram e saber como usá-los na sua estratégia é fundamental. 

Algumas plataformas importantes que você pode estudar:

  • Google Analytics: para analisar os dados do seu site, aplicativo ou e-commerce;

  • CRM: responsável por centralizar diversos processos relacionados às vendas; 

  • Mailchimp: ou outra ferramenta de automação de e-mail marketing;

  • Plataforma de automação: Hubspot e RD Station são alguns exemplos de ferramentas para automatizar seus processos em Marketing. Você poderá criar landing pages, entender o comportamento dos seus leads, enviar e-mails automáticos e gerar relatórios. 

Dominar os conceitos de Branding e Storytelling

Branding e Storytelling são dois conceitos-chave para trabalhar com Marketing Digital, porque estão relacionados a criar experiências envolventes para uma marca. Saber criar uma narrativa de marca é uma competência que você precisa adquirir se quiser se destacar nesse mercado.

Quando falamos de Branding, é muito importante entender que o conceito vai muito além da identidade visual ou logo da marca. Ivo Costa, que é Gerente de Estratégia de Marca na Interbrand e expert do curso de Digital Marketing da Tera, explicou que aprender a criar uma plataforma de marca é essencial para tangibilizar esse conceito.

“A plataforma de marca é uma forma de sintetizar uma narrativa dos conhecimentos sobre o mercado, produto e consumidores de uma marca. Quando a gente está construindo uma estratégia de marca, escrevendo qual é o posicionamento e porque ela existe no mundo, você tem que fazer isso de maneira única, que seja relevante e autêntica para os seus públicos." - Ivo Costa.

A plataforma de marca vai garantir que você defina todos os conceitos fundamentais do Branding: propósito, posicionamento, público, valores, personalidade, drivers e promessa. Depois disso, você vai precisar criar e manter uma narrativa que entregue toda essa identidade ao seu público. 

plataforma-de-marca-branding-interbrand

É aí que entra o conceito de Storytelling. Brand storytelling é a narrativa coesa que reúne os fatos e as emoções evocados por uma marca. Compreender e aplicar essa forma de contar histórias é o que vai permitir que sua marca se mostre de forma mais humana e menos automatizada. 

Focar na experiência do cliente

Ao trabalhar com Marketing Digital, você vai notar que nem tudo é sobre atrair novos clientes e fazê-los comprar algo. Muito também é sobre a retenção desses consumidores e como você vai conseguir criar um relacionamento duradouro com eles.

Por isso, uma habilidade que você precisa desenvolver é a de entender profundamente a jornada de compra do seu público, as dores da sua buyer persona que seu negócio pode ajudar a solucionar e como sua marca pode surpreender e superar as expectativas dessas pessoas.

Cultura da experiência é a lei, então, busque dominar as skills de: customer experience (CX), onboarding de clientes, sucesso dos clientes, atendimento e suporte.

Como começar sua carreira em Marketing Digital?

Acha que está na hora de começar com conhecimentos práticos que preparem você para a ação? Você já sabe como trabalhar com Marketing Digital pode ser promissor. Agora, vamos às dicas para começar a carreira.

Vá além de um bom currículo

Algo interessante sobre o mercado de Marketing Digital é que sua formação acadêmica nem sempre é o que mais pesa para conseguir uma boa oportunidade. Isso acontece porque empresas estão com uma mentalidade muito mais aberta sobre o que realmente é essencial na atuação de profissionais dessa área. 

Fazer uma graduação ou uma pós em Marketing Digital pode ser importante para conseguir boas bases. No entanto, caso você venha de outras áreas, é totalmente possível se especializar e fazer uma transição de carreira com sucesso. É possível trabalhar com Marketing Digital se você começar sua carreira com bons cursos ou até mesmo como autodidata. 

Leia também: 20 cursos de Marketing Digital gratuitos

Seja para participar de um processo seletivo, seja para usar Marketing Digital para impulsionar seu negócio, o que importa é que você realmente mostre que é capaz de transformar os conceitos aprendidos em uma estratégia sólida que faz sentido e dá resultados na prática. 

Como provar esse conhecimento para um cliente ou recrutador? Você precisa ter história para contar. Por isso, vá atrás de experiências, crie cases fictícios, escreva, faça testes, converse com profissionais mais experientes, aproveite chances de networking, se arrisque experimentando as plataformas.

“Estamos no melhor momento da história para quem deseja construir algo - seja um negócio ou uma empresa. Com apenas uns minutos você coloca uma  startup de pé, um ecommerce ou outro modelo de negócios. Muitas vezes você não precisa nem de investimento para provar uma tese e fazer um experimento. Para conseguir um bom emprego, faça coisas! Teste uma estratégia de SEO, construa uma estratégia para o seu ecommerce, escreva sobre seus cases num blog, Linkedin, etc. Não existe mais desculpa para não ter um case de sucesso.” - Thiago Cid   

Saiba o caminho para se desenvolver

Como trabalhar com Marketing Digital traz várias possibilidades, é importante que você já comece sabendo quais são os caminhos de desenvolvimento e progressão de carreira. Usar o modelo de T-shaped marketer é uma forma simples de entender a amplitude do mercado de Marketing, as habilidades necessárias e os caminhos possíveis.

ilustração mostrando habilidades necessárias para profissionais T-shaped em Marketing DigitalClique na imagem para ver o T-shaped de Marketing

 

Uma pessoa t-shaped marketer une conhecimentos de base sobre Marketing Digital com a especialização em algumas áreas. De forma visual, o topo do T concentra tópicos abrangentes e multidisciplinares, como branding, jornada de consumidores e conteúdo, enquanto o aprofundamento pode ser em SEO ou Ads, por exemplo. Dividimos em três camadas:

  • a camada de base, que não necessariamente tem conhecimentos apenas de Marketing, mas abrange disciplinas essenciais que podem ajudar na atuação;

  • a camada de base em Marketing Digital, com os conceitos e ferramentas que são fundamentais para o desempenho em quase qualquer canal;

  • a camada de canais específicos, que inclui todas as ramificações do Marketing Digital, permitindo que você tenha uma visão ampla sobre todos, se aprofundando naqueles que preferir.

"Você precisa ter uma formação em T, onde você tem as habilidades genéricas no topo e a base é formada por habilidades específicas. No Marketing, você tem um conjunto enorme de habilidades para esse topo e a base vai estar fundamentada em um ou dois itens que vão possibilitar que você tenha fundamento para dialogar e formar seu pensamento crítico." - Anderson Palma, Sócio Fundador no Growth Labs

Entenda como garantir uma boa base 

Olhando para todos os conceitos e canais presentes no T de Marketing Digital, você já notou o quanto é necessário investir tempo e esforços para construir uma base sólida nessa área. Abordagens como Funil de Marketing, Inbound e Outbound, SEO, Ads, CRM e Customer Experience, entre outras, precisam fazer parte da sua bagagem.

Existem muitos cursos de Marketing Digital na internet, que podem ser bons pontos de partida para criar noções sobre conceitos e ferramentas de Marketing Digital. É preciso ter atenção com a confiabilidade dos conteúdos, garantindo que a instrução venha de especialistas.

Se você quer acelerar esse processo de aprendizado e garantir que vai receber conhecimento “direto da fonte”, o ideal é buscar um curso que seja referência no assunto e que tenha experts do mercado como professores. 

Além de poupar o gasto de tempo apenas entendendo por onde começar e recolhendo materiais, um curso de Marketing Digital te ajudará a entender todos os conceitos aplicados ao dia a dia do mercado de trabalho, possibilitando, inclusive, que você use projetos como portfólio e faça networking com experts e estudantes. 

"Para começar e brilhar na carreira, você vai precisar se conectar com as referências e praticar ao máximo. Se conectar com as referencias para saber quais são os critérios de exclência do mercado, e praticar para mostrar pra esse mercado que você atende esses critérios. Valorize por cursos ricos em conteúdo, conduzidos por uma comunidade experiente no mercado e para você interagir ao máximo. Valorize cursos que te fazem questionar, provocar e colocar a mão na massa!" - André Senna, coordenador do curso Digital Marketing da Tera

Curso gratuito Digital Marketing Essentials Inscreva-se

Desenvolva suas soft skills

Uma característica das profissões que estão em alta no futuro do trabalho é que elas não se limitam ao conhecimento técnico. É sim preciso dominar ferramentas e conceitos, mas isso só é válido se unido às chamadas soft skills, que são competências socioemocionais.

Quer saber algumas dessas skills que você precisa começar a desenvolver? 

  • pensamento analítico;

  • resolução de problemas complexos;

  • pensamento crítico;

  • criatividade;

  • resiliência e flexibilidade;

  • inteligência emocional;

  • mentalidade de customer service.

Se torne especialista em uma área

Enquanto é impossível ter um bom desempenho sem uma visão ampla sobre a área, se limitar aos conhecimentos generalistas não leva ninguém muito longe. Por isso, uma das melhores dicas de Marketing Digital para iniciantes é encontrar um caminho de especialização.

Como fazer isso? Você precisa se autoavaliar e entender seus pontos fortes e fracos. Desenvolva seus pontos fortes, se aperfeiçoe nos canais de Marketing mais interessantes e crie um portfólio sólido nessa área, com projetos que mostrem quais resultados você consegue alcançar. A especialização é o grande diferencial nesse mercado, principalmente nos times de Marketing Digital melhor estruturados, já que eles contam com especialistas de todas as áreas.

"A nova safra de líderes digitais precisa entender um pouco de tudo. O mundo está mudando numa velocidade quase impossível de acompanhar e é impossível ser excelente em tudo! Por isso, é preciso entender suas fortalezas e explorá-las ao máximo, sem esquecer de desenvolver novas habilidades e melhorar o tempo todo. A visão 360 é fundamental para que os líderes consigam colocar as peças certas nos lugares certos, com debates de alto nível, eliminando o achismo."  - Thiago Cid

Para finalizar, é fundamental manter uma mentalidade de aprendizado constante. O lifelong learning - aprendizado ao longo da vida - é uma das habilidades que, se cultivada, vai fazer você chegar ainda mais longe e ter sempre a preparação necessária para se reinventar e evoluir em Marketing Digital.

"Entender onde você quer chegar também está relacionado ao tempo e, por isso, não pode faltar planejamento. Você não vai ficar especialista em uma semana, mas se você 'construir algo diariamente, aí você vai conseguir alcançar esse lugar. É importante mudar esse mindset de que você precisa fazer tudo agora. Se cobre menos em relação a aprender tudo e vá mais para o desenvolvimento de um pensamento analítico e crítico. Com isso, você vai entender o que precisa aprender e pode fazer um plano, com prazos que você consiga cumprir para o que você precisa estudar e sair do teórico para o prático." - Taís Barboza, Gerente de Performance na Cia da Consulta 

Parar de se aperfeiçoar não é mais uma opção para quem trabalha com Marketing Digital. Cultivar uma postura de aprendizagem contínua é a forma que profissionais T-shaped têm de desenvolver uma visão de todo ao mesmo tempo que imergem em sua área de atuação específica. Nessa rota, cursos rápidos, conteúdos ricos e trocas com pessoas da área são fundamentais para não perder a corrida.

….

Esperamos que este guia completo de como trabalhar com Marketing Digital tenha ajudado você em sua caminhada no universo digital. Essa área pode trazer novos desafios, mas a postura proativa de buscar conhecimento certamente se torna um trunfo nesse contexto. Se você chegou até o fim deste artigo, já tem uma vantagem nessa jornada!

Mas, se você quer dar mais um passo adiante e ganhar confiança para criar estratégias de Marketing, montar campanhas e usar canais e ferramentas eficazes, te convidamos para conhecer o curso Digital Marketing da Tera. 

Você poderá se aprofundar em todos os conceitos mencionados aqui e em outros, aprendendo por meio de projetos práticos e trocas valiosas com experts de mercado. Entre em contato com a Tera e saiba mais sobre o curso Digital Marketing.

QUERO PARTICIPAR

Posts Relacionados

7 min de leitura

6 formas de criar seu portfólio de Marketing - mesmo sem experiência

Veja por que e como criar o seu portfólio de Marketing mesmo sendo iniciante na área.

Artigo Completo
8 min de leitura

Marketing Digital para pequenas empresas: 3 dicas para começar

Entenda o potencial Marketing Digital para pequenas empresas e veja como começar a sua estratégia.

Artigo Completo
8 min de leitura

Marketing Analytics e o uso de dados na criação de campanhas e estratégias

Entenda o que experts falam sobre como o Marketing Analytics ajuda a transformar os dados em resultados na sua estratégi...

Artigo Completo