Logo Somos Tera
Nossos Cursos
somostera

Uma comunidade de pessoas apaixonadas por educação e tecnologia.

Veja as dicas da expert Bia Granja, do YOUPIX, para incluir o Marketing de Influência na sua estratégia.


O Marketing de Influência é uma estratégia em ascensão. Pense bem: provavelmente você já sofreu influência de alguém das redes sociais antes de fazer ou comprar algo, certo?

As empresas têm percebido a importância de investir na voz de pessoas influentes para ampliarem seus alcances, enquanto os profissionais têm enxergado nesse nicho uma oportunidade de carreira cada vez mais promissora.

Por isso, antes de criar um plano de Marketing, é fundamental conhecer bem essa estratégia e saber como utilizá-la para potencializar os resultados.

Neste artigo, você vai entender as bases do trabalho que digital influencers e marcas podem fazer em parceria. Trouxemos algumas dicas valiosas compartilhadas por Bia Granja, do YOUPIX, no curso gratuito da Tera Digital Marketing Essentials. Bom aprendizado!

Curso gratuito Digital Marketing Essentials Inscreva-se

Marketing de influência: o que é e como é usado no plano de Marketing?

O Marketing de Influência aposta na autoridade, conhecimento e relevância do conteúdo de influenciadores digitais para conversar com o público, criar um relacionamento de confiança e, claro, incentivar ações e compras.

Quando falamos de influenciadores digitais, muitas pessoas pensam apenas em pessoas com milhões de seguidores, mas essa é uma visão que está mudando.

Hoje, os micro influenciadores, que têm até 50 mil seguidores, estão ganhando a atenção das marcas por geralmente produzirem conteúdos considerados mais autênticos e que se aproximam mais da realidade de seus seguidores.

E se você pensa que esse número de seguidores é muito baixo para gerar algum impacto, confira esta reflexão de Bia Granja, Cofundadora e CCO do YOUPIX:

“É importante derrubar o mito que relaciona o número de seguidores à influência. O macro influenciador seria aquele que fala para milhões de seguidores, um influenciador de massa. 

E quando a gente pensa na forma como a gente comprava espaços para anunciar antes do digital, uma revista por exemplo, a gente não pensava em uma macro revista ou micro revista. A gente pensava em uma revista de nicho ou de massa. 

A gente pode começar a definir influência da mesma forma: existe uma influência de massa e uma de nicho, que está muito mais ligada à construção de autoridade e à proximidade do que à audiência e visibilidade.”

Por que investir em Marketing de Influência?

Segundo a pesquisa ROI & Influência 2021 da YOUPIX, realizada com 94 empresas brasileiras, 71% das empresas consideram o Marketing de Influência importante em suas estratégias de comunicação.

Além disso, 83% considera que, com a pandemia, o Marketing de Influência se tornou mais estratégico para a empresa.

As pessoas estão consumindo muito conteúdo online e influenciadores digitais ocupam um papel importante na criação de tendências nesse universo digital. 

Boa parte das marcas já percebeu isso, e as que não adotarem essa estratégia podem ficar para trás e perder ótimas oportunidades de ampliar o alcance e construir relacionamentos sólidos com a audiência. 

Ainda de acordo com a pesquisa da YOUPIX, 94% das empresas realizam ações remuneradas com influenciadores. Em 2019, eram 83%.

"Estudos mostram que 63% das pessoas confiam mais no que é dito por uma pessoa influenciadora do que por uma marca ou publicidade. A gente às vezes pensa em influência como uma estratégia para conversão. Essa é uma dimensão do que os influenciadores ajudam a construir, mas tem outros aspectos que são muito fortes, como a questão da confiança. E confiança é algo que a gente sabe que não dá para comprar.", afirma Bia Granja.

Esses dados já são ótimos influenciadores para as marcas que ainda têm dúvidas sobre investir em Marketing de Influência, concorda?

Como criar estratégias de Marketing de Influência?

Vamos à parte prática?

Reunimos 4 dicas, todas baseadas na aula da Bia Granja no curso de Marketing Digital gratuito da Tera, para você criar uma estratégia de Marketing de Influência. Confira!

1. Definir objetivos claros

Assim como outras estratégias de Marketing, antes de investir no Marketing de Influência é essencial pensar no que se quer alcançar com isso.

Defina como este trabalho vai mover a empresa para conseguir escolher os influenciadores ideais e também ter mais assertividade na hora de definir as ações que serão realizadas.

2. Definir objetivos mensuráveis

Também é importante que os objetivos sejam mensuráveis, pois só assim você poderá acompanhar os resultados e saber se vale apena continuar com a estratégia.

Encare o Marketing de Influência com a mesma seriedade das outras estratégias: sem poder mostrar resultados, como você vai defender o investimento feito pela empresa?

As ações com influenciadores podem ser relacionadas aos diferentes estágios do funil de Marketing, e cada uma delas precisa de KPIs específicos, como alcance (para awareness) e engajamento e retenção (para a etapa de consideração, por exemplo).

No entanto, conforme ressalta Bia Granja:

“O retorno intangível é indireto e só é possível de mensurar no médio e longo prazo. Fatores como reputação, amor à marca, posicionamento da marca dentro de uma comunidade. Muitas vezes, as ações com influenciadores não vão retornar algo direto e financeiro para a empresa, mas ela vai estar construindo valores que são intangíveis e que mudam a relação de confiança que as pessoas têm com a marca. É importante entender isso para desconstruir um pouco a visão de ROI.”

3. Mapear influenciadores

Para alcançar os objetivos, a etapa de contratar influenciadores deve ser feita com muito cuidado.

Afinal, sem alinhamento de valores entre a pessoa e a marca, o trabalho pode até ser feito, mas não terá o resultado esperado e pode, inclusive, ter o efeito contrário.

Por isso, conheça bem os influencers antes de contratá-los para encontrar as pessoas certas para atingir o nicho desejado. 

Analise a linguagem, o posicionamento sobre questões relacionadas à marca e o formato de conteúdo (para identificar se é adequado à buyer persona).

“A gente precisa sair de uma ativação pontual para entrar em uma conexão contínua. A gente tem que se conectar com as comunidades dos territórios que são importantes para a empresa, fomentar conteúdos e ações de forma coerente, e construir com isso nossa autenticidade, nossa verdade. Se você fizer tudo isso, no final você vai ter uma jornada de influência. Existe uma mudança de mercado em que a gente percebe que, se não tivermos conteúdos com narrativas verdadeiras, não vamos conseguir estimular o interesse das pessoas.”, afirma Bia Granja.

Uma análise prévia precisa pode salvar a empresa de parcerias sem sentido e trazer resultados muito mais expressivos.

4. Mensurar e analisar

Por fim, chegou a hora da mensuração — que deve ser o foco de todas as estratégias de Marketing. 

Acompanhe as métricas definidas para ver se atingiu os objetivos mensuráveis traçados. 

Essa análise ajuda a identificar quais foram os resultados palpáveis de cada ação, além de contribuir para a otimização das próximas campanhas e defender o investimento em Marketing de Influência na empresa.

Nesse momento, entenda que existe o retorno tangível, como engajamento, vendas e leads, e o intangível, como reputação e amor à marca. 

Para monitorar tudo isso, você pode criar um dashboard completo com todos os dados. Essa centralização ajuda a comparar os resultados de diferentes influenciadores e identificar quais estão trazendo os melhores retornos.

Aproveite o poder da influência na sua estratégia de Marketing!

O Marketing de Influência tem um papel importante no sucesso das estratégias atuais, por isso, quem trabalha com Marketing Digital precisa entender como extrair os melhores resultados desse modelo. 

Com o crescimento das redes sociais e do número de influenciadores digitais, as empresas começaram a se adaptar para usar a autoridade dessas pessoas para alcançar o público, ampliar a visibilidade de suas marcas e se diferenciarem no mercado.

E os profissionais que souberem contribuir com insights criativos e inovadores e estabelecer parcerias sólidas se tornarão ativos cada vez mais valiosos para os negócios!

Por isso, que tal se aprofundar no conceito de Marketing de Influência e no Marketing Digital de forma geral? Faça o curso gratuito "Digital Marketing Essentials" para ter acesso à aula completa da Bia Granja e muitas outras!

Posts Relacionados

7 min de leitura

6 formas de criar seu portfólio de Marketing - mesmo sem experiência

Veja por que e como criar o seu portfólio de Marketing mesmo sendo iniciante na área.

Artigo Completo
8 min de leitura

Marketing Digital para pequenas empresas: 3 dicas para começar

Entenda o potencial Marketing Digital para pequenas empresas e veja como começar a sua estratégia.

Artigo Completo
8 min de leitura

Marketing Analytics e o uso de dados na criação de campanhas e estratégias

Entenda o que experts falam sobre como o Marketing Analytics ajuda a transformar os dados em resultados na sua estratégi...

Artigo Completo