Logo Somos Tera
Nossos Cursos

somostera

Uma comunidade de pessoas apaixonadas por educação e tecnologia.

11 soft skills para UX designers que você precisa desenvolver

  • Por: Redação Tera
  • Data: 4, fev 2021
8 min de leitura

Quer se destacar em UX Design? Então você precisa ter competências socioemocionais bem desenvolvidas. Descubra as principais.

Foto de fauxels no Pexels

Trabalhar com UX Design vai muito além de dominar ferramentas, criar protótipos e entrevistar usuários. Para ter uma alta performance nessa área, você precisa conhecer e desenvolver as principais soft skills para UX designers.

Soft skills são competências de ordem comportamental e emocional, que ajudam profissionais a elevar o desempenho. Muitas dessas habilidades socioemocionais são naturais da personalidade de algumas pessoas, no entanto, todas elas podem ser aprendidas e desenvolvidas ao longo da vida.

Quer unir seus conhecimentos técnicos com essas competências? Continue a leitura e confira 11 soft skills para UX designers.

1. Empatia

Empatia é, provavelmente, a mais falada das soft skills para UX designers. Isso porque o próprio conceito de experiência de usuários têm no centro a intenção de identificar as dores das personas, pensar em soluções possíveis e trabalhar para proporcionar maior satisfação a elas.

Por isso, por mais que falar de empatia pareça clichê, quem quer trabalhar com UX Design precisa saber que é impossível avançar nessa profissão sem desenvolver essa competência. Se colocar no lugar das pessoas usuárias e fazer escuta ativa para ouvir os problemas delas vai ajudar você a fazer entregas realmente relevantes.

2. Resiliência

Quem quer ser UX designer não pode se incomodar caso os ventos mudem. A resiliência também é uma soft skill preciosa nesse mercado. Além de transformações comportamentais e tecnológicas que podem mudar o cenário em pouco tempo, profissionais de UX Design têm seus projetos colocados à prova constantemente. E nem sempre os resultados são os esperados.

Imagine o seguinte cenário: você passa um mês desenvolvendo um projeto, mas, ao chegar à fase de mostrar as ideias aos usuários, elas acabam sendo invalidadas. Esse tipo de situação não é rara, por isso, profissionais de UX precisam compreender que muitas vezes o melhor para o projeto é descartar algumas ideias, caso sejam invalidadas.

3. Postura facilitadora

Muito mais do que querer conduzir processos e decisões, a pessoa UX designer precisa ser uma facilitadora. Ela precisa ser a ponte entre o "mundo real" — ou seja, as pessoas usuárias  — e a empresa.  Além disso, user experience designers também têm que ser a ponte entre as diversas áreas da empresa, já que todas precisam do pensamento de design. 

John Maeda, que é uma das maiores vozes mundiais do Design, fez uma afirmação bastante provocadora, sugerindo que profissionais dessa área podem ser mais úteis em papéis coadjuvantes, e não centrais nas empresas. Assim, em vez de liderar, o Design serve como suporte para que a mentalidade de resolver problemas das pessoas não se perca pelo caminho. 

Isso quer dizer que, dentre as competências para UX designers, a humildade e o desejo de ajudar pessoas sempre vai prevalecer sobre o ego inflado. 

4. Atenção às tendências 

Mais uma soft skill que UX designers precisam desenvolver é o interesse pelas tendências e um olhar atento a elas. Isso não significa que você tem a obrigação de seguir todas as tendências e fazer sempre o que a moda do momento está ditando. 

O que importa é entender o que o mercado está falando e, mais do que isso, perceber o que está por trás de cada tendência que aparece. Afinal, elas refletem o comportamento humano e os desejos inconscientes das pessoas — e essa visão com certeza vai enriquecer seu trabalho em user experience. 

5. Curiosidade para aprender 

Falar que tudo muda muito rápido é mais um lugar comum do mercado atual. Mas será que esse fato tem mudado sua postura em relação ao aprendizado? A curiosidade e a disposição voluntária em aprender precisa ser uma das soft skills de UX designers.

Esse processo de aprendizado contínuo tem nome: lifelong learning. Colocá-lo em prática é entender que você não vai saber muitas coisas ao longo da sua atuação, mas pode ter curiosidade, perguntar a outras pessoas e aprender. Ganhar conhecimento em múltiplos assuntos, mesmo os de fora da sua área, vai te fornecer a bagagem necessária para dialogar com profissionais e com usuários, entendendo melhor os problemas e as possíveis soluções.

6. Comunicação eficaz

Mais uma importante soft skill para UX designers é a comunicação eficaz. A pessoa que atua nessa área precisa ser articulada: saber ouvir ao mesmo tempo que sabe transmitir ideias com clareza. A adoção de uma comunicação não-violenta também faz parte desse processo e está diretamente ligada à empatia.

A habilidade de comunicação vai ajudar você a extrair todas as informações que precisa durante as conversas com pessoas usuárias. Além disso, também vai ser essencial na hora de defender suas ideias para o time e para a liderança.

7. Trabalho em grupo

A pessoa UX designer nunca trabalha sozinha, por isso, é melhor afastar a ideia de sentar à frente do computador com headphones sem que ninguém te incomode. Atualmente, é cada vez mais comum que profissionais de UX trabalhem em times multidisciplinares, chamados também de squads.

Ao atuar em um desses squads de produto, você pode dividir a mesa com profissionais de Design, product managers, analistas de dados e até mesmo especialistas em disciplinas completamente diferentes, dependendo da área de atuação da empresa. Saber se relacionar bem e aproveitar todas as trocas vai tornar seu dia a dia como UX designer mais produtivo.

8. Pesquisa

A pesquisa em UX Design é tão fundamental para o sucesso de um projeto que muitas empresas já contam com times exclusivos de UX researchers. Independente de seguir carreira apenas nessa área, saber pesquisar é uma competência que você precisa desenvolver.

Por mais que essa soft skill de UX designer envolva uma postura de proatividade e curiosidade na busca por informações, existem diversas metodologias que precisam ser dominadas. Assim, sua pesquisa vai ter achados significativos e embasados teoricamente para justificar as decisões.

9. Análise e síntese 

Durante as pesquisas e entrevistas com pessoas usuárias, quem trabalha com UX Design vai se deparar com uma grande quantidade de informações, que precisam ser analisadas e sintetizadas para que as melhores decisões sejam tomadas. 

A mentalidade analítica é mais uma soft skill valiosa para UX designers, já que, por meio dela, é possível observar os dados coletados e encontrar sentido no contexto do projeto que está sendo desenvolvido. Junto a isso, a síntese vai permitir que você transforme dados em insights para apresentar ao resto da equipe.

10. Criatividade e ideação

Essas competências, que aparecem na lista de soft skills mais importantes para o futuro do trabalho, não poderiam deixar de ser necessárias para quem quer trabalhar com UX Design. A ideação é uma das etapas do Design Thinking e, por isso, tem que fazer parte do comportamento de UX designers.

Ideação e criatividade podem ser estimuladas e desenvolvidas durante a vida e, com o tempo, se tornam parte do dia a dia, dando origem a ideias inovadoras.

11. Coragem para correr riscos

Para finalizar nossa lista de soft skills para UX designers, precisamos ressaltar que essa área exige que profissionais deixem de lado o medo de errar. O processo de pensar em soluções, sugerir projetos e criar protótipos vai colocar suas ideias em constante risco. Muitas vão ser um sucesso, mas outras podem ser descartadas. Se preparar para ter tolerância aos próprios erros é importante para continuar trabalhando com resiliência e empenho nas iniciativas. 

….

Profissionais de sucesso em User Experience Design precisam ter competências socioemocionais muito bem trabalhadas, afinal, o conhecimento sobre si e sobre o comportamento humano vão ser essenciais para pensar soluções e resolver problemas. Esperamos que você comece logo a investir no desenvolvimento das suas soft skills de UX designer.

Ao mesmo tempo que as vagas de UX Design pedem por soft skills, elas também se interessam no portfólio apresentado por quem se candidata. Veja em nosso artigo “6 dicas para seu portfólio de UX designer conquistar os recrutadores”.

Posts Relacionados

9 min de leitura

O que é UX Design? Um guia completo para começar na área

Amplie sua visão sobre o que é UX Design e descubra o que fazem profissionais dessa área e como você pode iniciar sua ca...

Artigo Completo
7 min de leitura

6 dicas para seu portfólio de UX designer conquistar os recrutadores

Montar um portfólio de UX designer está sendo desafiador para você? Veja as 6 dicas que vão te ajudar a mostrar seu trab...

Artigo Completo
14 min de leitura

6 tendências de UX Design para 2021 | Digital Trends

Diana Fournier do PicPay, Fillip Bayer, da Boa Vista, Nath Yamauti da NY|UX  e Karina Tronkos do Nina Talks falam das te...

Artigo Completo